sexta-feira, 19 de abril de 2013

Cuidar da horta da escola pode melhorar a alimentação do seu filho


Um novo estudo relacionou a grade escolar com os hábitos alimentares das crianças e concluiu que aquelas que aprendem a cultivar verduras e legumes nas aulas têm mais vontade de experimentá-los
Crescer Online

 Shutterstock

Fazer as crianças entenderem os benefícios de uma alimentação equilibrada é cada vez mais difícil. A solução para esse problema, porém, pode ser mais simples do que você imagina. Um estudo divulgado no início deste mês mostrou que crianças que aprendem a plantar e cozinhar desde cedo na escola desenvolvem melhores hábitos alimentares. 

O documento foi divulgado no Journal of Nutrition Education and Behavior, publicação oficial da Society for Nutrition Education and Behavior (ou Sociedade de Educação e Comportamento Nutricional), instituição internacional sediada nos Estados Unidos. Os pesquisadores entrevistaram 562 pais e analisaram 764 crianças da terceira à sexta série – todas integrantes de um programa escolar que inclui 45 minutos de aula por semana na horta e 90 minutos por semana na cozinha. O resultado: aprender a cultivar os alimentos e, em seguida, descobrir como cozinhá-los faz com que os alunos tenham vontade de experimentar diferentes tipos de pratos. 

“O programa introduz as crianças a novos ingredientes e gostos e, em um curto período de tempo, faz com que praticamente todas elas fiquem preparadas para experimentar pelo menos um prato novo. Professores de diversas escolas disseram que perceberam uma melhora na qualidade nutricional dos lanches que os alunos levam na escola depois que as aulas foram incluídas na grade”, disse, em nota, Lisa Gibbs, principal pesquisadora do estudo. 

Outra pesquisadora do projeto, Petra Staiger, explicou porque isso acontece. “O ambiente social dessas aulas faz com que as crianças tenham mais vontade de comer novos alimentos. Sentar na mesa com os colegas e dividir as refeições que eles mesmos prepararam os encoraja a experimentar sem pressão alguma”, disse. 

Gostou? Que tal, então, se inspirar na novidade? Se a escola do seu filho ainda não oferece esse tipo de atividade, você pode conversar com os diretores e discutir a possibilidade de incluí-lo na grade. Se isso não for possível, pode improvisar na sua casa e plantar algumas mudas em pequenos vasos. Além de aprender mais sobre os nutrientes, ele vai passar um tempo divertido ao seu lado!

Fonte: revista Crescer

Nenhum comentário:

Postar um comentário