segunda-feira, 8 de abril de 2013

Bebês percebem brigas entre os pais mesmo quando estão dormindo

Crianças de famílias briguentas tiveram uma resposta cerebral ainda mais intensa

Crescer



Quando um bebê dorme, temos a impressão de que ele está desconectado de tudo que acontece ao seu redor. A coisa não funciona bem assim. Um estudo realizado recentemente na Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, mostrou que o cérebro dos bebês reage de maneira diferente quando há pessoas conversando em tom amigável e em tom agressivo perto deles, mesmo durante o sono.

Os pesquisadores queriam entender se uma fonte comum de estresse na infância (brigas entre os pais) estaria associada à resposta do cérebro do bebê. Para verificar essa teoria, eles analisaram o cérebro de 20 bebês que tinham entre 6 e 12 meses. Enquanto as crianças dormiam, os pesquisadores reproduziram gravações de um adulto falando em diferentes tons de vozes, que equivaleriam a uma pessoa muito brava, brava, alegre e neutra.

“Mesmo dormindo, os bebês tiveram diferentes respostas cerebrais dependendo do tom de voz que estava sendo reproduzido”, afirmou Alice Graham, uma das responsáveis pelo estudo. Outra descoberta foi que os bebês que vinham de famílias que brigavam com mais freqüência apresentaram uma reação mais intensa nas áreas do cérebro ligadas ao estresse ao ouvirem a voz mais brava.

Para os pesquisadores, os resultados mostram que bebês não ficam alheios às discussões entre seu pais mesmo durante o sono e essa percepção pode influenciar a maneira como seu cérebro processa emoções e estresse.

Fonte: Revista Crescer

Nenhum comentário:

Postar um comentário