segunda-feira, 6 de março de 2017

Técnica de massagem em bebês traz benefícios ao desenvolvimento motor, neurológico e imunológico


A shantala é uma técnica milenar de massagem, feita pelos pais nos seus filhos. Essa massagem proporciona um completo bem-estar físico, alivia tensões, quebra bloqueios e principalmente aumenta o vínculo dos bebês com os pais.

O nascimento para o bebê é uma espécie de trauma, um choque, pois ele sai de um útero quentinho e protegido, onde recebia comida sem esforço nenhum e chega ao mundo, onde fica sozinho, sem proteção e sem comida.

O que ele, o bebê fará para conseguir sobreviver? Chorar! O choro é a proteção do bebê, pois quando chora, recebe carinho, proteção, atenção e alimentação.

A Shantala vem pra quebrar esse ciclo, pois a técnica é composta de 21 movimentos, que relaxam, acalmam e tranquilizam o bebê.

Ludmilla Mattos, fisioterapeuta, massoterapeuta e especialista em shantala, explica que o ambiente para aplicação da técnica deve ser tranquilo, os pais devem se dispor de tempo, para poder aproveitar o momento e assim curtir essa troca de carinho e experiência com seu bebê.

Os benefícios da técnica são inúmeros como desenvolvimento motor, neurológico e imunológico. A especialista aponta que é preciso obedecer à vontade do bebê e, enquanto ele quiser receber a shantala, deve se aplicar.

Existem algumas contraindicações como resfriados e febres, diarreia e bebês prematuros. Os bebês prematuros devem receber a shantala só a partir do 10ª mês de vida total, ou seja, somando o tempo da gestação com os meses depois de nascidos, o total tem que ser igual a 10 meses.

“Faz seis anos que atuo nessa área e todas as oportunidades que tive de vivenciar a experiência da shantala em bebês foram positivas. Os bebês aceitam bem, se entregam ao carinho firme, a massagem que relaxa, ao toque que liberta tensões e medos. A shantala é uma técnica encantadora, a qual todos os pais deveriam ter o conhecimento, pois facilitaria o processo de conhecimento entre bebê e pais, pais e bebês”, afirma.

Ao fim da massagem, é importante finalizar com um banho quente de banheira e ofurô é ideal, pois caso ainda fique alguma tensão a água irá tirar, afinal quem resiste a um banho quentinho?!

Depois de massagem e banho, o sono será tranquilo, pois não haverá dúvida que neste lar há proteção, carinho e atenção.

Fonte: jcnet

Nenhum comentário:

Postar um comentário