quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Conheça os prós e contras do uso da cinta pós parto


A cinta pós parto é um dos itens que geralmente está presente na lista de itens que a mulher leva para a maternidade. A função dessa cinta está em proporcionar mais conforto na recuperação pós parto. “Ajuda na diminuição do edema e proporciona conforto e segurança para a mulher, principalmente nos casos pós cesárea, deixando-as mais a vontade para caminhar e realizar outras atividades cotidianas”, explica a fisioterapeuta Mayra Pádua Gatti.
O uso da cinta apesar dos benefícios, no entanto, não é obrigatório para a saúde e deve ser uma escolha de cada mulher juntamente com orientação médica, analisando os prós e contras. “Existem controvérsias sobre o seu uso, alguns médicos proíbem, pois acreditam que a cinta acaba fazendo o papel da musculatura, impedindo que a mesmo retorne ao seu estado normal”, comenta a fisioterapeuta.

Entre os benefícios citados sobre o uso da cinta pós parto, algumas pessoas podem dizer que o uso ajuda o corpo a voltar ao seu estado normal, já que comprime o abdômen. Porém, é um mito, a cinta não auxilia ou acelera o processo. A fisioterapeuta esclarece: “O uso da cinta não faz o abdômen voltar a ser como antes, este processo é natural e fisiológico de cada organismo”.

Por que usar ou não usar a cinta pós parto?

Como já dito, o uso da cinta pós parto não é obrigatório para a saúde e possui vantagens e desvantagens. Para fazer a escolha entre usar ou não a cinta, você deve, juntamente com ajuda e orientação profissional, analisar os pontos bons e ruins desse item. Confira abaixo uma lista com os prós e os contras da cinta pós parto:

Prós:
Mais segurança para realizar as tarefas cotidianas, especialmente pós cesárea;
Oferece suporte para manter a coluna ereta;
Ajuda o emocional, já que você pode se sentir mais segura para se locomover e realizar outras tarefas durante o pós parto;
Proporciona o efeito momentâneo de redução do abdômen.

Contras:
Cintas muito apertadas podem trazer problemas de circulação;
Não ajudar a trazer o abdômen de volta ao normal e alguns profissionais até acreditam que faz o efeito contrário;
Pode dificultar a cicatrização da cesariana, já que impede a ventilação do local;
Como e quando usar a cinta

A cinta pós parto pode ser usada imediatamente após o parto natural ou cesariana. O ideal é que seja usada durante todo o dia e noite, inclusive para dormir. O período de uso pode variar entre no mínimo 1 mês após o parto e no máximo 3 meses.

É importante lembrar, no entanto, que a maneira e o período que cada mulher irá utilizar a cinta pode variar de acordo com cada caso e uma orientação médica é necessária. O tempo de uso por dia também pode ser diferente, algumas mulheres podem sentir muito incômodo ao utilizar a cinta para dormir, por exemplo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário