sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Onde o recém-nascido deve dormir?

O local em que o bebê descansa desde os primeiros dias de vida pode fazer diferença para seus hábitos de sono no futuro



Os primeiros dias do recém-nascido são cheio descobertas e também de inseguranças por parte dos pais, que têm de se adaptar para receber aquele ser tão pequeno e frágil. Uma das dúvidas mais comuns que surgem nesse período se refere ao local em que o bebê deve dormir.

De acordo com o pediatra Nelson Horigoshi, do Hospital Infantil Sabará (SP), o ideal é que, a partir do momento em que chega da maternidade, a criança seja instalada no próprio quarto, em seu berço, para que se acostume. “Nunca se deve por o recém-nascido na cama dos pais, entre adultos, pois isso aumenta o risco de morte súbita”, alerta.

O carrinho também não serve para os momentos de sono, pois foi planejado para ser um meio de transporte e não para funcionar como leito. “A exceção são os períodos de cochilo, porém, sempre sob supervisão”, ensina o pediatra.

Para os pais que se sentem inseguros em deixar o bebê em outro quarto, babás eletrônicas podem diminuir o nervosismo. “Elas não reduzem, porém, o risco de morte súbita”, avisa Horigoshi. “Mas funcionam, em geral, como uma maneira de a família ficar menos ansiosa, ao sentir que tem algum controle sobre o ambiente em que a criança está descansando”.

Apesar dessa preocupação natural, o melhor a fazer é manter a calma e aproveitar a nova fase sem medo. ”Se o bebê não está doente, dorme tranquilo e não apresenta qualquer sinal de perda de vitalidade, não há porque ficar vigilante, de plantão", afirma o médico. O pediatra ressalta ainda que, até os 6 primeiros meses de vida, o próprio ritmo da amamentação exigirá a presença quase constante da mãe no dormitório do filho e que isso é suficiente.


Fonte: revista crescer

Nenhum comentário:

Postar um comentário