segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Como deve ser feito o plano de parto?

 (Foto: Thinkstock)
"Como deve ser feito o plano de parto e de que maneira ele pode ajudar na hora de dar à luz?"
Caroline Coloneze Machado, via Instagram

A ideia é definir, com antecedência, as preferências do casal referentes ao nascimento do filho. O plano ajuda a reduzir a ansiedade e o medo em relação aos procedimentos adotados durante esse momento. Ele deve responder a questões como: quer receber analgesia peridural? Prefere caminhar durante o período de dilatação? Gostaria de ter um parto na água? Qual a posição preferida – de costas, de cócoras ou de joelhos? Tem objeção ao uso de fórceps? Opõe-se à episiotomia? O casal precisa conhecer e discutir essas alternativas com a equipe médica. É possível que você tenha de adaptar o plano e tomar decisões imprevistas, caso algo inesperado ocorra. E é muito importante levar sempre em conta os conselhos dos profissionais.

Wladimir Taborda
Ginecologista, obstetra (CRM 54456) e doutor em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo. É autor de A Bíblia da Gravidez e todo mês tira suas dúvidas sobre gestação
E-mail:  w.taborda.colunista@edglobo.com.br

Fonte: http://revistacrescer.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário