terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Quando seu filho vai poder ajudar você nas tarefas domésticas?

Organizar brinquedos, dobrar roupas, regar plantas, arrumar a cama. Atividades cotidianas podem ser ótimas aliadas na criação dos filhos. Antes de sair por aí pedindo ajuda, saiba quando eles já estão prontos para a tarefa

Elisa Feres


Se você já parou para pensar em que momento poderia pedir para o seu filho contribuir com algumas tarefas de casa, saiba que essa ajuda pode começar mais cedo do que imagina. De acordo com o pediatra Luiz Guilherme Araújo Florence, responsável pelo ambulatório de desenvolvimento infantil do Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis (SP), mesmo com pouca idade a criança já possui capacidade motora suficiente para desempenhar uma série de atividades. E isso é importante para ela, sabia?

“Quando a criança é incluída em tarefas domésticas, ela passa a participar da dinâmica familiar e isso faz com que sinta que pertence àquele lugar. Isso une a família e ajuda seu filho a entender também como funcionam as coisas. Ela vê como as atividades feitas pelos pais são difíceis e passa a respeitar e valorizar mais esses momentos. Indiretamente, faz ainda com que ela entenda conceitos de moral, ética e hierarquia”, diz Florence.

Mas, claro, que tudo tem o tempo certo. Por isso, se você quer ter a companhia do seu filho para algumas tarefas, saiba que é preciso respeitar o desenvolvimento dele. E o mais importante: que esse momento seja gostoso para a criança (e para você, que acabou de ganhar um parceiro para ajudá-la um pouquinho). Abaixo, uma lista sobre a melhor época para ele começar a desempenhar cada atividade. Inspire-se!


2 anos

Uma das melhores maneiras de introduzir a criança nas tarefas de casa é por meio daquilo que está mais perto dela no momento, ou seja, os brinquedos. Sente-se ao lado de seu filho e arrume-os por tipo, tamanho ou cor, fazendo com que a própria atividade se torne uma brincadeira. Aos poucos, ele vai entender o conceito de organização.

3 e 4 anos

Nessa faixa etária, você já pode incentivar o seu filho a arrumar a mochila da escola e levar o prato de comida até a pia. Você também pode pedir para que ele ajude-a a organizar alguns objetos da casa – levando-os ao lugar certo e colocando dentro de um armário (sermpre com sua supervisão nesse momento, claro!). Pode ser o par de sapatos ou roupas, por exemplo.

De 5 a 7 anos

Aqui a criança já começa a entender melhor as noções de responsabilidade e cuidado. Então você pode orientá-lo a esvaziar o lixo do banheiro, por exemplo, sem que ele espalhe tudo no chão ou queria pegar algo de dentro do cesto. Ele pode ainda tentar arrumar a cama e dobrar algumas roupas.

Outra tarefa que você pode delegar – e que ele vai adorar - é a de regar as plantas. “Ao ver que outro ser vivo precisa de sua ajuda, a criança desenvolve ainda mais a ideia de responsabilidade. Ela observa uma relação de causa e efeito entre a água e a planta, percebe que está cuidando mesmo daquilo e que suas atitudes podem promover o bem”, diz Florence.

Acima de 8 anos

Nesta idade, seu filho já tem mais habilidades motoras e é capaz de desempenhar algumas funções maiores sem cometer acidentes (como derrubar e quebrar objetos). Ela consegue ajudar a arrumar a mesa para as refeições, a carregar as compras do supermercado, a limpar o quarto. Da mesma forma com que acontece com a planta, a criança pode ajudar a cuidar de um animal de estimação. Com mais alguns anos, pode até ajudar a cuidar de um irmão mais novo.


Outras fontes: Léa Albertoni, diretora da Escola Paulistinha, mantida pela Unifesp (SP), e Tânia Shimoda Sakano, pediatra do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas (SP)
Revista Crescer

Nenhum comentário:

Postar um comentário